Você tem compulsão alimentar?

Oiiiiiiii gente =)

Como vocês estão??? Emagrecendo???
O número de visitas no blog aumentou muito, estamos chegando nas 1000 visitas únicas por dia, mas o povo não tá comentando....ehhhhhhhhhhh láia. Mas eu entendo, é falta de tempo, o importante é lerem e se eu ajudar alguém com minhas palavras já fico contente =)
Sim, eu quem escrevo todos os textos, nada de copia e cola aqui meu irmão...kkkkk

Estou recebendo emails pra caramba, mas nem sempre consigo responder tão rápido, mas juro que responderei.

Hoje o tema foi mais complexo, então escrevi muito, mas para quem quer mudar de vida, vale a pena ler, refletir =)


- RA OK
- Anotar os pontos OK
- Zumbaaaaaa OK

Você sabe o que é compulsão alimentar???

Na reunião em grupo que fiz na semana retrasada com a nutricionista o assunto foi bem legal: Compulsão.

Li e reli o arquivo que eles enviaram para nós, fui na reunião e resolvi escrever para vocês o meu entendimento sobre isto. Não sou psicologa, não sou nutricionista, mas sou um ser humano que passa por tudo isto que vou escrever, então acho que estou apta a escrever meu sentimento sobre o assunto...enfim, para isso que temos nosso diário on-line né? rs

Vamos lá: Você sabe o que é compulsão alimentar?

Quem nunca comeu um pedaço de lasanha tão gosto que quis comer tudo e realmente devorou? Uma bola de sorvete que virou o pote inteiro? Uma bala que virou 20?
Quem nunca perdeu o controle na hora de se alimentar e saiu comendo muito mais do que deveria? E no final das contas o que sobrou foi o bucho cheio, cansaço e muito, muito sentimento de culpa. É meu irmão, todos somos assim, exagerados que só vendo, mas precisamos ver se somos compulsivos ou não. Eis a questão!

compulsão é comer exageradamente os alimentos sem ao menos perceber, e isto muitas vezes se devem a depressão, sentimento de culpa e descontrole emocional. Geralmente, o compulsivo come em uma velocidade muito maior do que uma pessoa comum costuma comer. Tipo, comer em minutos um bolo inteiro de chocolate.

Já o exagero é outra coisa, é o consumo de grandes quantidades de alimentos, esporadicamente, saindo da sua rotina habitual, tipo comer 3 ou 4 fatias de bolo.



Baixa auto estima, desconforto com o seu visual, problemas pessoais ou profissionais em relação ao corpo são um dos maiores causadores da compulsão alimentar, geralmente é acompanhado por gente que faz dieta da moda cortando tudo, quando vai ver come o pão e o padeiro junto...

Por ser algo bem emocional, é importante um acompanhamento psicologico. No meu caso eu faço um acompanhamento bem simples, mas vai muito do que quero para a minha vida, por isso pratico o PNL. Mas também, adotar uma postura de estar de bem com o prato é uma excelente saída.

Primeiro, precisamos assumir quem somos. Você é compulsivo ou exagerado? Pense, reflita.

Após essa reflexão, pense o que está causando isto. Será o trabalho? Será a preguiça? Será o sorvete que vc deixa em casa?

Vamos fazer as pazes com a comida!

Quando entramos em dieta, qual a primeira coisa que a gente pensa? Comida!
A última? Comida!

Precisamos largar esse termo dieta e partir para a neutralidade, a famosa reeducação alimentar.

Chega de: Isso engorda, isso não engorda. 
Quanto mais vc pensar nisso, mais você voltará sua cabeça para a comida e mais obcecado você irá ficar.

Gente, nossa avó já dizia " Tudo que é proibido é mais gostoso", então quanto mais proibições a gente colocar, mais vontade teremos de comer.

Chega disso, queremos liberdade e nossa liberdade é aprender a comer, mudar nosso hábito alimentar, mudar nossa cabeça e ser saudável.

Depois de uns dias  que você resolveu entrar na linha alimentar dá um certo medo voltar a comer os alimentos deliciosos, né? Seria medo de sair da dieta ou de exagerar? Esta é uma boa coisa para refletir.

Se sentir medo de exagerar, confie em você, ninguém pode confiar mais em vc do que vc mesma.

Sabia que o que temos é medo do alimento tentador, e isso não deve existir. Você tem que se permitir saborear e a se controlar, com o tempo você vai ver que esse alimento nem era um bicho de 7 cabeças, mas vc quem criou isso, ele pode até perder a graça...

O meu bicho de 7 cabeças é o sorvete, tenho compulsão mesmo. Como o pote todo em um dia, o pote de 2l. Hoje, estou no picole, uns 3 por semana...picoles feito em casa, olhem:





Suco de limão, água e adoçante stévia. Ou então iogurtes zero congelado, suco de soja congelado.

Lembre-se: Manter o foco na RA é determinante na sua perda de peso, porém, não devemos declarar guerra as comidas, devemos é saber consumir.

Sinais que você tem compulsão alimentar:

● Ter vontade de comer sempre, mesmo sem fome;

● Comer até se sentir desconfortavelmente cheio ;

● Esconder hábitos alimentares devido a vergonha ou embaraço;

● Esconder comida;

● Esconder embalagens vazias ou caixas de alimentos ;

● Comer constantemente enquanto houver comida disponível;

● Comer quando está sob pressão ou se sente psicologicamente diminuído/a;

● Ter sentimento de culpa depois de comer

● Exprimir repugnância em relação a hábitos alimentares, peso, corpo ou aparência;

● Expressar descontentamento com a aparência, peso ou auto-estima e não fazer nada para mudar isso.


Uma imagem bem legal que vi no G1



Na reunião, recebi algumas dicas que devo cumprir e vou dividir com vocês:

Dicas para deixar o medo de exagerar de lado e fazer as pazes com a comida.

- Não compre grandes quantidades de alimentos, se gosta de chocolate, compre uma barrinha ou um bombom.
- Quando for comprar, vá com o dinheiro contado, nada de levar a mais para não comprar o que não deveria
- Mantenha pessoas saudáveis do seu lado, os que só pensam em comida e bobagem, evitem ficar juntos em horários de refeições. Para ter amigos não precisa ter comida no encontro, acostume-se com isso.
- Quando for comer, coloque o alimento em recipientes pequenos, você sentirá que comeu mais. Corte os alimentos em pequenos pedaços, saboreie o alimento, não se esgane.
- Não mantenha estoque em casa, na bolsa, na gaveta. Fique longe das tentações
- Procure não ficar ocioso, não dizem " Cabeça vazia, oficina do diabo?" Então, evite ficar ocioso, isso dá mais vontade de comer...procure se entreter de alguma forma e evitar programas que dão vontade de doces, batatas fritas...
- Se permita comer uma vez por semana esses alimentos perigosos, não tire totalmente da sua vida, coma sim, porém pouco. Um macarrãozinho, um pedaço de pizza ou uma taça de sorvete não vai te engordar, mas anote tudo, não saia dos seus pontos.
- Sempre, sempre reflita sobre tudo isso.



Fontes: dietaesaúde.com.br | http://mdemulher.abril.com.br/dieta/testes/dietas/voce-tem-cuidado-ou-compulsao-ao-comer-625242.shtml | http://www.alimentacaosaudavel.org/Compulsao-Alimentar.html | http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2012/02/compulsao-alimentar-e-disturbio-quimico-nos-mecanismos-da-fome.html

Tatha Talitha

28 anos, quase 29. Casada com o meu amor de infância. Mãe de ninguém, mas depois dos 30 será a minha meta. Publicitária e ama o que faz, mas ama mais ainda a vida espiritual que tem, porque como sempre aprendi: A sua Luz é maior quando você aumenta a Luz de alguém. Pisciana de corpo e alma e amante das artes de fazer as coisas darem certo.

10 comentários:

  1. Oi Bom dia!

    Eu estou controlando minha compulsão!!! Força na peruca!!!
    bjokas

    ResponderExcluir
  2. Bom dia...
    Adorei as dicas! Nunca tinha pensado desta forma, sabia que não era legal cortar alimentos da dieta, mas não sabia o porque, e continuava suprimindo tudo que me leva a compulsão como cerveja, fritura e refrigerantes! Mas tem razão, 1 porção pequena de vez em quando não irá mudar minha trajetória rumo aos 62 Kg.
    Bjinhus

    ResponderExcluir
  3. Tatha seu blog é feito com tanto capricho que dá vontade de não sair daqui, sem contar a dedicação de sentar e dividir conosco suas experiências que tem me ajudado muito(como vc viu no meu blog).
    Esse post de hoje me fez pensar bastante que estou no caminho certo, que minha fase de compulsão passou ainda bem masso venci pq tive mumuita foforça de vontade.
    Eae conseguiu comprar a bateria da balança?
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Esse post veio bem na hora. ainda ontem eu estava pensando sobre isso.
    Com seu post descobri que o meu caso não é de compulsão como eu pensava e sim de excesso alimentar.

    ResponderExcluir
  5. Vc tem toda a razão nesse aspecto de cortar a comida Tatha. No caso da compulsão, que nao deixa de ser um vicio como outro qualquer, vai bem esse método do passo a passo para atingir um plano mais sólido e consistente a longo prazo. Eu sempre comi muito chocolate, uma barra inteira por dia. Comecei diminuindo quadrado por quadrado, coloquei uma fruta antes (a frutose me deixa com menos vontade de doce) e hoje como apenas dois quadrados no dia. Não vou diminuir, pois acho uma quantidade aceitável e a questão é que aprendi saciar minha vontade com apenas dois quadrados. Eu não sei até que ponto comer a barra inteira traz mais satisfação que comer a metade. O compulsivo come tão rápido que nem sente o gosto da comida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As ultimas 4 linhas do seu comentário são PERFEITAS. Pura realidade.

      Excluir
  6. Josiane alves12/03/2014 12:05

    Eu sou compulsiva, fiz o teste e vi que sou. Como o que gosto de forma exagerada, sem nem ver o que é, como por comer e não sei se sinto o gosto real.

    ResponderExcluir
  7. Girlane santos12/03/2014 12:06

    Eu sou viciada em algumas coisas mas eu num sei se e uma compulsao, como todo dia e nao consigo ficar sem refri

    ResponderExcluir
  8. Tatha, hoje a Mili mandou o link da sua postagem e disse que lembrou de mim pq ela sabe que eu sou COMPULSIVA mesmo (com direito a diagnóstico psiquiátrico :( e realmente me vi na sua postagem. A compulsão é exatamente como vc descreveu. Adorei o que vc escreveu e te digo que me deu uma vontade enorme de voltar com meu blog :)))
    Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário faz meu dia mais feliz e minha luta mais intensa...pq para vencer uma guerra precisamos de soldados e eu faço parte desse exercito.